GRANDES GESTORES DE PEQUENAS EMPRESAS

Pequena Empresa, Pequeno Negócio, Pequeno Porte: eis aí um Grande desafio.

E o primeiro grande desafio é o de conseguir manter viva uma pequena empresa, visto que as estatísticas demonstram que 90% delas morrem nos cinco primeiros anos; e das que conseguem sobreviver apenas 5% delas passam ao patamar de médio porte. Portanto, é necessário atentar para alguns cuidados fundamentais:

Acima de qualquer coisa, o seu pequeno negócio, o seu pequeno comércio, a sua pequena loja, não é apenas e exclusivamente fonte de sustento de sua família. É Muito mais que isso, e por menor que seja o seu negócio, eleve-o no seu próprio entendimento, a uma categoria mais nobre, de modo que você imagine que ele seja tão importante para você, que se torne igualmente importante para o mundo, e que este não conseguiria viver sem ele. Ao pensar assim, você transmite esse pensamento também aos seus clientes, colaboradores e parceiros. Sua loja é muito mais que um mero ponto de vendas, ela é o seu sonho, a sua realização, ela faz parte da sua vida, portanto trate seu pequeno negócio com a mesma importância que você dá às coisas importantes da sua vida.

E por ser o seu sonho, realizado, mantenha-o sempre atualizado, renovado, com cara de coisa nova, com cheirinho de novo. Capacite-se. Busque novidades. Lance novidades. Mantenha-o sempre iluminado, colocando luz e cor no seu sonho.

Estimule seus colaboradores a atitudes de parceria. Veja-os de fato como parceiros.  Faça com que eles brilhem, que se sintam satisfeitos sendo seus colaboradores parceiros; respeite-os como profissionais e como seres humanos;  valorize, motive, reconheça, elogie. Faça um programa de desenvolvimento e aprimoramento pessoal.  Lembre-se que seus colaboradores são a imagem do seu negócio, e é essa imagem que é passada para os seus clientes.

Estude as tendências de mercado, ouça críticas e sugestões, pondere-as, esteja receptivo a mudanças, tenha como meta o seguinte pensamento: “Hoje melhores do que ontem, amanhã melhores do que hoje”.

Conheça seus clientes, personalize seu atendimento, encante-os, tanto quanto possível. Não seja mesquinho, seja antes de tudo, parceiro. Seja também generoso com o Universo, com a Natureza, e principalmente com a Comunidade.

Tenha uma relação financeira saudável com sua pequena empresa,   entenda-a como uma dádiva que lhe foi dada, e que a você cabe tratá-la com respeito, profissionalismo e responsabilidade, pois através dela você terá a oportunidade de trazer melhorias para si mesmo e para o “pequeno mundo” onde está localizada a sua “pequena (grande) empresa”.

Que o seu sucesso seja tão grande quanto o seu sonho de ver a sua empresa cada vez mais próspera, espalhando prosperidade e felicidade a todos os que compartilham e acreditam no seu sonho.

Grande Prosperidade na sua Grande Empresa!

Texto de Luzia Contim Moreira, Trainer  e Coach

Deixe uma resposta