Controlar ou Dominar

Muito se diz em ter “autocontrole”, principalmente quando o assunto é emoção. Entretanto, tentar estar no controle pode ser uma tarefa extremamente exaustiva, penosa e talvez até impossível.

Estar no controle pressupõe conhecer todas as regras, todas as formas, todas as execuções e estratégias, verificando e administrando, passo-a-passo, todos os acontecimentos. Em se tratando de emoções, a cada momento de raiva, frustração ou qualquer outra explosão emocional, corresponde a evitar, banir, retirar do comportamento qualquer traço emocional para manter a serenidade a qualquer custo.

Isto certamente represará uma enorme quantidade de energia que, ao longo do tempo, será de difícil contenção. E quando este dique de energia acumulada romper, além da explosão inevitável, seguirá um momento de novos escapes emocionais, que pode ser culpa por não ter atendido à exigência de controlar as emoções, depressão pela inabilidade em lidar com a situação ou perda do amor próprio.

Estar no domínio da situação talvez seja uma atitude mais ecológica, onde o foco é o resultado, permitindo-se desvios emocionais, mas com flexibilidade saberá vivenciar o momento da explosão emocional e, demonstrando sabedoria, tratará de retornar ao eixo, sem a estrita obrigação de nunca ter abandonado o estado sereno. Sem culpa.

Para exemplificar, imagine-se cavalgando um cavalo adulto, sadio e bonito. Ao se deparar com um barranco, o cavalo ameaça subi-lo e você tem duas opções: controlá-lo ou dominá-lo.
Se tentar controlá-lo, apertará as rédeas do cavalo e tentará indicar o melhor caminho a ele. A questão é que as pernas são dele, o desafio físico é dele, a leitura do terreno e a experiência em subir barrancos é dele. Existe uma chance enorme de você atrapalhá-lo na subida e ter como resultado uma dolorosa queda.

Ao contrário, se estiver no domínio, deixando o cavalo tomar as decisões de “como” subir, afrouxando as rédeas e permitindo que o trabalho seja realizado, certamente o cavalo subirá melhor.

Você tem dominado ou controlado a sua vida?

Trecho do Livro CRENÇAS E DESILUSÕES, do autor Márcio Martins Moreira, Trainer e Coach.

Sobre Marcio Martins Moreira

Nascido em 1971, São Paulo, conclui o curso de Bacharelado em Ciências Contábeis durante meus trabalhos numa Multinacional da área textil, onde trabalhava como Analista de Sistemas e Métodos. Conclui o curso de pós-graduado em Análise de Sistemas pela FECAP/SP e, profissionalmente, desenvolvi muitos trabalhos na área de O&M, Planejamento e Tecnologia em Empresas Multi-nacionais, buscando sempre soluções na área corporativa centrada em pessoas. Faixa Preta em Artes Marciais (Kung-fu), tinha como outros hobbies a música, o xadrez e a filatelia. Em 1996, tive a honra de desposar a mais especial das mulheres, minha amada esposa Luzia Contim. E com toda esta história, no ano 2000 iniciou-se a grande mudança profissional em minha vida (coincidindo com o fim do milênio?), aumentando o interesse em filosofia e no estudo da estrutura do pensamento do Ser Humano. Nesta mesma época, a iniciação em diversas filosofias, incluindo o Reiki (hoje Mestre-Orientador pela Reiki Association International) e o estudo da Maçonaria, transformaram minha vida. Na Maçonaria, tive a honra e o privilégio de presidir 04 Lojas, ocupando praticamente todos os cargos possíveis, atingindo o mais alto grau do REAA (33o Grau) e presidindo o mais Alto Corpo Filosófico. Os estudos em Programação Neuro-Linguistica e Hipnose Ericksoniana, juntamente com minha formação em Psicanálise deram suporte à minha carreira de palestrante. E entre tantas novidades, Oratória e Teatro foram fundamentais para a melhoria na apresentação e na comunicabilidade. Hoje, master/trainer em PNL, escritor, psicanalista e professor de hipnose, dirijo o Instituto Mentes Mudando o Mundo, mantenho atendimentos de coaching individual utilizando os recursos adquiridos com psicanálise, hipnose e principalmente PNL. Quanto à carreira literária, estou em meu terceiro livro, expondo os temas que desenvolvo nos eventos como treinador e palestrante, tendo entre os temas, Desenvolvimento Pessoal, Motivação e Autoconhecimento, onde milhares de pessoas já participaram e que agora fazem parte da minha maravilhosa rede de amigos.

Deixe uma resposta