O QUE APROXIMA UM LÍDER DE SUA EQUIPE

. Ser claro nas ordens

Um bom líder precisa ser claro ao transmitir os objetivos estratégicos da empresa, de preferência por escrito, esclarecendo o que precisa ser realizado, o que é prioridade, e quais os resultados esperados. Quanto às regras existentes e as que são criadas no decorrer do tempo, é necessário que o líder também fique atento a elas, pois é um erro exigir uma coisa e fazer outra.

. Estar presente não apenas para “cobrar”

Para ter sucesso junto à equipe, o líder tem que comandar bem e ter controle sobre o que está sendo feito ou não. É importante que, na hora em que a equipe precisar de uma instrução ou de um esclarecimento, o líder esteja presente, ou de alguma forma se faça presente o mais rápido possível, pois assim a equipe se sentirá mais segura e mais próxima do chefe. Havendo uma orientação de perto e um acompanhamento, não ficará a impressão que o chefe está lá apenas para cobrar os resultados e sim para orientar e esclarecer quando necessário, e juntos obter os resultados desejados.

. Incentivar a capacitação

Um dos itens que motiva um funcionário a querer crescer dentro de uma empresa, independente do porte, é a oportunidade de se aprender algo novo. Com o apoio do gestor, ele começa a se interessar pela empresa, despertando um interesse maior em expandir o seu potencial de crescimento dentro da empresa.
Nesse sentido, o bom líder acaba por estimular a capacidade do funcionário. O recomendável é fazer um levantamento rápido entre os funcionários para saber como a empresa poderia ajudar em treinamentos ou cursos especializados.

. Atenção ao feedback

Para o bom relacionamento entre o líder e o funcionário, é importantíssimo que haja o feedback, e essa é uma prática que jamais deveria ser deixada de lado. As pessoas desejam saber como estão sendo vistas pelo seu líder, se o seu trabalho está sendo adequado, se estão indo bem ou não. É um momento inclusive de fazer algum ajuste que porventura seja necessário, lembrando sempre que as críticas, quando necessárias, devem ser sempre feitas individualmente, de forma construtiva, sem ofender e nunca agredir a identidade do outro. Elogios, quando merecidos e sinceros,  podem, e devem, ser feitos, em público, sem exageros.

. Não ser centralizador

Ser o único a tomar decisões, ou tentar resolver todas as questões sozinho, pode ser característica de alguns empreendedores, no entanto, o ideal é que o líder saiba delegar funções aos seus liderados. Buscar diferentes soluções junto a sua equipe, vai mantê-la mais motivada e interessada dentro do negócio, e para incentivar a inovação dentro de sua empresa, é preciso compartilhar determinadas informações.

Nas PMEs, o empreendedor tem um desafio maior em relação à gestão de pessoas, pois o jeito da empresa está muito ligado ao jeito do dono, e a tendência é que os funcionários sigam o jeito do dono. Uma liderança que seja mais incentivadora e mais participativa aumenta as chances de levar uma empresa ao sucesso.

As empresas de maior sucesso são aquelas cujos funcionários são colaboradores e não apenas cumpridores de ordens, por isso é tão importante o papel do líder, não só para liderar a equipe, mas também para incentivar e despertar nos liderados o interesse pelo crescimento da empresa e pelo seu próprio crescimento dentro da empresa, onde todos crescem juntos.

Texto de Luzia Contim,  Administradora, Trainer  e Coach

Deixe uma resposta